Prefeitos da Amarp suspendem as aulas por 30 dias em razão do Coronavírus

Publicado em 17/03/2020 às 15:50 - Atualizado em 17/03/2020 às 15:50

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), lançou nessa terça-feira (17), uma resolução assinada pelo seu presidente Nadir Baú da Silva, prefeito de Tangará e em consenso com os 15 prefeitos dos municípios que compõe a entidade.

A Resolução nº 001 de 2020 dispõe sobre as medidas preventivas em vistas a redução dos riscos disseminação e contágio com o Coronavírus – COVID-19 e da outras providências.

Segundo o documento ficam suspensas as aulas nas redes municipais de todas as cidades que compõe a Amarp no mesmo período estabelecido na rede estadual pelo Governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva partir do dia 19 de março de 2020 e pelo prazo de 30 dias.

 Cada município está livre para adotar as medidas que achem necessárias conforme as suas peculiaridades, sendo que cada prefeito baixará seu decreto suspendendo as atividades escolares.

Outro item da resolução diz respeito ao uso do auditório da Amarp que está suspenso para a realização de reuniões, cursos e encontros por prazo indeterminado.

O documento foi publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM/SC), órgão oficial de divulgação dos atos administrativos da entidade.

Segundo o presidente da entidade, Nadir Baú da Silva a Amarp está acompanhando de perto todos os desdobramentos referentes ao Coronavírus não só em Santa Catarina, mas também em todo o Brasil. “Estamos acompanhando todas as medidas que estão sendo adotadas de forma muito vigilante para que possamos encontrar junto aos nossos municípios as ações necessárias para a prevenção do Coronavírus em nossa região” comentou o prefeito.